Agência de Jornalismo Investigativo

Os ministros do TSE vão julgar três pontos centrais: cassação; se cabe ou não separar a responsabilização de presidente e vice e inelegibilidade dos dois políticos

5 de junho de 2017

Em 2015, logo após a reeleição de Dilma Rousseff, a operação Lava Jato ainda estava no começo quando a coligação encabeçada pelo PSDB, o partido derrotado, já havia proposto a primeira ação contra a chapa Dilma-Temer.

De lá para cá foram quatro ações. Em março de 2016, as ações foram reunidas na AIJE 1943-58 e passaram a ter andamento conjunto, ou seja, testemunhas, colhimento de provas, petições etc passaram a ser utilizadas para os quatro processos.

A coligação derrotada alega que a eleição da chapa Dilma-Temer se mostrou viciada pelo abuso de poder econômico, político, fraude, “relevando-se ilegítima”.

Atualmente, o processo com 29 volumes e mais de 8 mil páginas ouviu mais de 50 testemunhas e está focado em 23 acusações, chamadas de “causas de pedir”.

O que mais está em jogo no julgamento de amanhã? Explicamos na animação a seguir. 

O que está em jogo no julgamento da chapa Dilma-Temer from Agência Pública on Vimeo.

Comentários

Mais recentes

35 anos depois do deputado Juruna, indígenas continuam sem representação política no país

25 de Abril de 2018 | por

Segundo TSE, candidatos indígenas correspondem a apenas 0,34% do total; preconceito da sociedade e falta de apoio financeiro estão entre os motivos da baixa participação

Indígenas enfrentam a maior ofensiva parlamentar em 20 anos

24 de Abril de 2018 | por e

Levantamento revela que as proposições anti-indígenas avançaram mais do que outras

Microbolsas: Proponha sua pauta sobre violência policial e intervenção militar

23 de Abril de 2018 | por

Serão distribuídas quatro bolsas de R$ 7 mil para investigar as causas e impactos da violência policial no Brasil e de intervenções militares como a do Rio de Janeiro

Explore também

CNDH levanta hipótese de vingança de policiais em massacre de Pau D’Arco

26 de Maio de 2017 | por

Para Darci Frigo, entrevistado pela Pública, mortes na Santa Lúcia podem ser retaliação à morte de segurança; é a segunda maior chacina do campo brasileiro nos últimos vinte anos

Exagerado, distorcido ou discutível

Supersalário de R$ 180 mil: Não é bem assim, Giovani Cherini!

18 de setembro de 2015 | por

“Precisamos de uma reforma administrativa profunda que mexa nos supersalários. Há pessoas neste país ganhando R$ 160 mil, R$ 180 mil por mês.” – Giovani Cherini (PDT-RS), deputado federal, no plenário, na terça-feira (15)

O “chanceler” brasileiro do Cartel de Sinaloa

14 de Fevereiro de 2014 | por

Investigações de agências americanas ligam o brasileiro Daniel Fernandes Rojo Filho ao cartel mexicano; em Orlando, ele oferece investimentos no Brasil e se apresenta como chanceler