Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

Anna Beatriz Anjos

Jornalista investigativa dedicada à cobertura de violações de direitos humanos. Desde janeiro de 2016, trabalha como repórter na Pública. Cobriu as eleições de 2016 e 2018 como fact-checker do Truco, verificando falas de candidatos à prefeitura e ao estado de São Paulo.  Autora de reportagens vencedoras do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde (2015) e do 35º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo (2018). Formada em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero (2013) e pós-graduanda em Estudos Brasileiros pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Fellow do International Center for Journalists (ICFJ) na ProPublica, em Nova York (abril/maio de 2019).


Marina Ganzarolli: “Queria eu que o Judiciário valorizasse a palavra da vítima”

8 de junho de 2019 | por e

Advogada que trabalha com mulheres vítimas de violência afirma que PL de deputado do PSL apelidado de “Neymar da Penha” cria ainda mais barreiras às vítimas de estupro e encoraja potenciais agressores

Sem políticas sociais, defensores seguem em risco de morte

24 de abril de 2019 | por

Conflitos por terra e ambiente estão por trás de 348 dos 416 casos incluídos no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos; para vítimas e especialistas, programa tem de se articular com políticas sociais e Judiciário

Brasileiros não querem “Estado mínimo”, diz cientista político

10 de abril de 2019 | por

Para Rafael Georges, da Oxfam Brasil, agenda liberal “pegou carona” na eleição de Bolsonaro, mas não prospera entre os brasileiros, como demonstra a resistência da população à reforma da previdência

Quem decide sobre o corpo das meninas?

28 de março de 2019 | por

Em Porto Alegre, disputa jurídica tem como alvo o uso de contraceptivo da Bayer em adolescentes abrigadas

La mujer que derrotó a Bolsonaro

8 de março de 2019 | por

En entrevista exclusiva con la Agencia Pública, la diputada federal de Brasil, Maria do Rosário, habla de su reciente victoria en el Supremo Tribunal Federal contra el presidente brasileño Jair Bolsonaro; comenta lo que considera como el desmontaje de la cartera ministerial de Derechos Humanos y contextualiza qué es ser mujer en el Congreso actual

Maria do Rosário: “Não quero ser vista como a pessoa agredida por Bolsonaro, prefiro ser a mulher que o derrotou”

8 de março de 2019 | por

Em entrevista exclusiva à Pública, a deputada fala sobre sua recente vitória no STF contra o presidente Jair Bolsonaro; comenta o que considera o desmonte da pasta de Direitos Humanos e contextualiza o que é ser mulher no Congresso atual

De bombom envenenado a bilhetes ameaçadores, as histórias de juízes jurados de morte

21 de fevereiro de 2019 | por

Dos mais de cem juízes ameaçados no país em 2017, 76 viviam sob proteção; a Pública entrevistou quatro deles em diferentes estados para saber dos impactos na sua rotina e de suas famílias

Seis respostas sobre como combater o Escola Sem Partido

6 de dezembro de 2018 | por

Manual de Defesa traz estratégias para que profissionais da educação se protejam de ameaças e perseguições; leia a entrevista

Essa foto não pode ser publicada separadamente

Dispositivo da Bayer que prometia esterilizar mulheres sem cirurgia fez dezenas de vítimas no Brasil

26 de novembro de 2018 | por

Levantamento da Pública em parceria com ICIJ revela que mulheres receberam implante Essure em hospitais públicos e sofreram dores fortes, enjoo, perfurações e infecções no útero

“Não estamos preparados para aceitar que as mulheres são as mães que podem ser”, diz pesquisadora

1 de agosto de 2018 | por

Laura Davis Mattar, doutora em saúde pública pela USP, é coautora de artigo que aponta as desigualdades de direitos entre as mães estabelecidas pela hierarquia social e perpetuadas por leis e práticas de um direito “feito por homens”

“Não quero que isso aconteça com mais nenhuma mulher”

1 de agosto de 2018 | por

Esterilizada contra a vontade, Janaína ainda teve a filha recém-nascida arrancada dos braços; depois que seu caso foi parar em rede nacional, ela passou a sofrer também com o preconceito dos moradores da pequena Mococa, onde vive

Brasil será “paraíso dos agrotóxicos”, diz pesquisador

2 de julho de 2018 | por

Para Fernando Carneiro, da Fiocruz, deixar o registro de novos produtos a cargo de Ministério da Agricultura, como prevê projeto de lei, representa perigo para a população brasileira