Buscar
Agência de jornalismo investigativo

Mais recentes

Maria do Carmo luta por sua comunidade e pela floresta

Por

Ameaçada de morte, há três anos Du Carmo trabalha para garantir a sobrevivência de sua comunidade em harmonia com a preservação da floresta amazônica

Marcadas para Morrer

Por

Nesta parceria com o Diário do Pará, o repórter Ismael Machado viajou pelo Pará para contar a história de onze mulheres ameaçadas de morte por defenderem a sua terra e a floresta

A história se repete: omissão do Estado ameaça a vida de Laísa

Por

Jurada de morte, irmã de Maria – assassinada com o marido no Pará – luta por proteção do governo enquanto o acusado pelo crime recebe lote do INCRA no assentamento em que vive

Para os Awá-Guajá, trem da Vale é o "barulho do terror"

Uma das tribos mais ameaçadas do mundo não conhecia os brancos até recentemente. Mas na reserva do Gurupi (MA) o impacto do pólo minerador-exportador põe em risco seu modo de vida

Amazônia Pública

Por

Uma investigação sobre como os grandes empreendimentos estão mudando a cara da região amazônica e a vida de seus habitantes. Nossas equipes de reportagem foram a três regiões da Amazônia para entender a nova onda de desenvolvimentismo.

"Eu quero estudar", diz Iara, empregada doméstica desde os 14 anos

Por

Famílias do interior do Pará enviam filhas para estudar em Belém, onde trabalham como empregadas domésticas. Mas o serviço vira cativeiro e elas mal conseguem ir à escola

O dinheiro sumiu da escola; e a educação também

Por

Pública foi ao Pará em busca dos investimentos destinados à educação . Encontrou salas em ruínas, alunos sem livro, caderno, merenda e até sem aula.

Faça parte

No Pará, desvio de verba leva a educação ruim

Por

Na terceira reportagem de série, a Pública busca a relação entre corrupção e má gestão na educação a partir de um caso específico: o Pará, estado cujo crescimento econômico contrasta com o mau desempenho das escolas e dos alunos

Má gestão + corrupção = nota baixa

Por

Na terceira reportagem da série, a Pública investiga a corrupção e má gestão na educação a partir de um caso específico: o Pará, estado cujo crescimento econômico contrasta com o mau desempenho das escolas e dos alunos

O Futuro da Amazônia

Por ,

Série de jornalismo de dados sobre a educação de crianças e jovens na região norte

Infográfico Interativo – Educação e Corrupção

Por

Na segunda reportagem da série, a Publica estudou as auditorias realizadas pela Controladoria Geral da União na região Norte. Veja o infográfico interativo

Corrupção e educação na Amazônia

Por

Na segunda reportagem da série, a Pública estudou as auditorias realizadas pela Controladoria Geral da União na região Norte, analisando apenas problemas com verbas para Educação. Há casos graves de má gestão, desvio de verbas e dinheiro aplicado irregularmente

UM ORGULHO RARO

Por

Na esteira da Rio+20 a Pública investiga o futuro da Amazônia a partir do elemento sempre esquecido do debate: o humano. Esta série de reportagens vai verificar como anda a educação na região norte a partir de jornalismo de dados.

Como anda a educação na Amazônia

Por

A Pública inaugura hoje uma série de jornalismo de dados sobre a educação de crianças e jovens na região norte. Afinal, para entender qual será o futuro da Amazônia é preciso olhar para as pessoas

Sem escolta, líder do Amazonas tem que deixar sua comunidade

Por

Escolta de liderança ameaçada por madeireiros no sul do Amazonas é interrompida pela SeDH; sob risco de vida, Nilcilene teve que deixar sua comunidade

Trabalhadora próxima à líder escoltada é assassinada em Rondônia

Por

Dinhana Nink deu entrevista sobre a quadrilha dois meses antes de sua morte. Ameaçadas, outras famílias da comunidade tiveram que fugir

FUNAI: “Os contratos com indígenas não têm validade”

Por

Márcio Meira, presidente da Funai, fala sobre assédio de empresas internacionais por crédito de carbono em terra indígena.

A terra é dos índios. E o carbono, é de quem?

Por , ,

Por US$ 120 milhões, empresa irlandesa compra direitos sobre créditos de carbono dos índios Munduruku, no Pará; contrato valeria por 30 anos. A Funai foi deixada de fora

Recado dos pistoleiros: líder protegida pela Força Nacional encontra cão morto a bala

Por

Ao voltar para casa, Nilcilene encontrou o cão de guarda assassinado e estirado no chão

Nilcilene, com escolta e colete à prova de balas: “eles vão me matar”

Por

Liderança na Amazônia ganha proteção da Força Nacional, mas vive acuada por ameaças. À sua volta, madeireiros e grileiros seguem livres.

Vídeo: pistoleiros perseguem famílias ligadas à líder

Por

Depois que Nilcilene ganhou escolta, criminosos passaram a ameaçar as pessoas próximas a ela. Duas famílias já tiveram que fugir. Assista ao depoimento

“A ordem era tocar fogo com a gente dentro”

Por

Assentada foi expulsa da terra depois de sofrer ameaças e ver seu barraco ser queimado em um incêndio criminoso

"Tem muita gente sumida, enterrada lá para dentro"

Por

Depois de anunciar que seria testemunha a favor de produtores em disputa por terra, produtor diz que foi preso injustamente
Fique por dentro

Receba conteúdos exclusivos da Pública de graça no seu email.