Buscar
Agência de jornalismo investigativo

Mais recentes

Referência no combate à violência sexual diz que Damares não protegeu crianças do Marajó

Por

Irmã Henriqueta rebate falas da ex-ministra e diz que “governo trouxe o caos à proteção de crianças e adolescentes”

Caso K

Por

Falecido em 2014, empresário teria mantido, durante décadas, um esquema de aliciamento de crianças e adolescentes para a prática de exploração sexual dentro da icônica sede da empresa, em São Caetano do Sul, além de outros locais em Santos, São Vicente, Guarujá e Angra dos Reis
Fique por dentro

Receba conteúdos exclusivos da Pública de graça no seu email.