Agência de Jornalismo Investigativo

Com 177 inscrições de 42 países, a convocação segue para a sua segunda fase

17 de maio de 2016

Há um mês encaramos o desafio de convidar jornalistas estrangeiros para participar do primeiro Programa de Residências da Pública. Abrimos a convocação para repórteres interessados em investigar pautas de direitos humanos relacionados à Olimpíada deste ano.

Recebemos 177 inscrições, vindas de 42 países, com todos os cinco continentes representados. São 30 jornalistas argentinos, 20 colombianos, 19 espanhóis e 13 mexicanos, para citar os países de onde mais recebemos propostas.

A convocação era voltada a repórteres do mundo todo, desde que falassem português, inglês ou espanhol. Exigimos que se inscrevessem em parceria com um veículo independente, responsável por sua segurança no Brasil e pela publicação da reportagem feita durante o programa.

Leia também: Agência Pública abre vagas para repórteres estrangeiros cobrirem Jogos Olímpicos

Agora começa a segunda etapa da seleção: vamos chamar oito finalistas para uma entrevista por Skype para, então, selecionar nossos residentes. Serão quatro repórteres, que vão ganhar uma bolsa de 7 mil reais e estadia de um mês na Casa Pública, no Rio de Janeiro, durante os Jogos Olímpicos. O resultado será divulgado na segunda-feira, 23 de maio.

Boa sorte aos repórteres inscritos!

[huge_it_gallery id=”24″]

 

[relacionados]

Você precisa ser um aliado para comentar.
Fechar
Fechar
Só aliados podem denunciar comentários.
Fechar

Explore também

Trump, o candidato que nunca perde na América Latina

8 de agosto de 2016 | por

Sócios que quebram, empresas que figuram nos Panamá Papers, amizade com o presidente agentino: conheça os negócios do presidenciável republicano no continente

Ex-detenta que ganhou processo por parto com algemas fala pela primeira vez

14 de agosto de 2014 | por

Carta enviada por mãe de ex-detenta deu origem a processo judicial

Vamos falar sobre Angola

15 de novembro de 2015 | por e

Amanhã, 16 de novembro, começa o julgamento dos 17 ativistas angolanos acusados de planejar uma rebelião contra o presidente. A Pública esteve em Luanda e traz uma série especial sobre o país. Assista ao vídeo

Mais recentes

Ilona Szabó: “A direita está falando em renovação política para chegar ao autoritarismo”

23 de abril de 2019 | por

A especialista em segurança pública - exonerada dois dias depois de nomeada suplente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária por pressão das redes de direita - fala em razão e empatia para lidar com o ódio e a polarização da sociedade

Ocupar propriedade não é terrorismo, diz ex-Relator Especial da ONU

23 de abril de 2019 | por

Especialista que estabeleceu parâmetros internacionais para legislações diz que governo Bolsonaro deve usar Lei Anti-terrorismo de maneira “oportunista”

“Desfaça tudo essas reservas”, diz produtora a secretário em reunião de fazendeiros do Pará com governo federal

22 de abril de 2019 | por

Em encontro fechado no Ministério da Agricultura, ruralistas do Pará cobram do governo Bolsonaro – apoiado por eles desde a campanha – medidas contra política ambiental, e mesmo ilegais, como fim da fiscalização e revogações de UCs