Agência de Jornalismo Investigativo

A Máquina do Ódio — com Patrícia Campos Mello

O podcast Pauta Pública fala com a jornalista da Folha perseguida por Bolsonaro e seus seguidores desde 2018

Ouça agora:

EP 12 A Máquina do Ódio — com Patrícia Campos Mello

O podcast Pauta Pública fala com a jornalista da Folha perseguida por Bolsonaro e seus seguidores desde 2018

0:00
12 de março de 2021
10:00
Este texto foi publicado há mais de 1 ano.

Às vésperas da eleição presidencial de 2018, Patrícia Campos Mello publicou uma reportagem na Folha de S. Paulo em que apresenta o esquema de compra de disparos em massa bancado por empresários para atacar principalmente a campanha do PT. A partir daí, a jornalista se tornou alvo de diversos ataques e ameaças, muitas vezes intensificados por declarações do próprio presidente e seus apoiadores. Mesmo sob ataques de ódio, Patrícia seguiu sua cobertura trazendo novas revelações desde então — cobertura que a fez escrever o livro a Máquina do Ódio, lançado em 2020 pela Companhia das Letras. 

Patrícia Campos Mello, repórter, escritora e colunista da Folha de S.Paulo, já ganhou diversos prêmios e menções por seu importante trabalho

Na semana do 8M em que mulheres do mundo todo resgatam e refletem sobre suas lutas históricas, o Pauta Pública entrevistou Patrícia Campos Mello, ganhadora de vários prêmios e menções por seu importante trabalho. Na conversa com os apresentadores Andrea Dip e Thiago Domenici, editores da Pública, ela conta detalhes dessas perseguições e revela bastidores de como fez para investigar os personagens retratados em suas denúncias. A conversa traz ainda a participação dos leitores e leitoras do nosso programa de Aliados que enviaram perguntas para a nossa convidada.

Precisamos te contar uma coisa: Investigar uma reportagem como essa dá muito trabalho e custa caro. Temos que contratar repórteres, editores, fotógrafos, ilustradores, profissionais de redes sociais, advogados… e muitas vezes nossa equipe passa meses mergulhada em uma mesma história para documentar crimes ou abusos de poder e te informar sobre eles. 

Agora, pense bem: quanto vale saber as coisas que a Pública revela? Alguma reportagem nossa já te revoltou? É fundamental que a gente continue denunciando o que está errado em nosso país? 

Assim como você, milhares de leitores da Pública acreditam no valor do nosso trabalho e, por isso, doam mensalmente para fortalecer nossas investigações.

Apoie a Pública hoje e dê a sua contribuição para o jornalismo valente e independente que fazemos todos os dias!

Facebook

Mais recentes

Doadores bancaram R$ 8 milhões para eleição de políticos da tropa de choque bolsonarista

7 de dezembro de 2022 | por

Mapeamos os principais doadores de 30 dos deputados federais do PL mais alinhados com o bolsonarismo

“PL do Lobby” aprovado na Câmara prejudica fiscalização de esquemas como as rachadinhas

5 de dezembro de 2022 | por

Proposta derruba resolução que permite o monitoramento das contas de pessoas próximas a políticos, ministros e juízes

Questões da Transição: Por dentro da guerra entre Trump e seus generais

1 de dezembro de 2022 | por , e

Como o general Mark Milley e outros lidaram com a ameaça à segurança nacional representada por Trump após a derrota