Buscar
Agência de jornalismo investigativo

Mais recentes

Exagerado, distorcido ou discutível

CPI derrapa ao calcular mortes de negros no Brasil

Por

Ao dizer que um jovem negro morre a cada 23 minutos no Brasil, relatório do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) tirou dados do contexto e usou informações desatualizadas

Uma demolição dentro do Parque Olímpico

Por

“Eu sinto o cheiro desse povo de longe. Aqui é tudo farinha do mesmo saco”, diz funcionária da prefeitura do Rio, ao acompanhar a expulsão dos moradores

Os jagunços cercam os guaranis

Por

Quem está matando os índios no Mato Grosso do Sul? Por que essas mortes se repetem? Para responder a essas perguntas a Pública escalou um repórter experiente que conta aqui suas descobertas no mundo ameaçado dos guarani-kaiowá

Um tapa na cara

As agressões sofridas por Verônica Bolina e o assassinato de Laura Vermont, duas trans de São Paulo, causaram revolta nas redes sociais. Mas suas histórias não são ponto fora da curva: todos os dias, homens e mulheres trans enfrentam uma profusão de desrespeitos e violências

Marcos Montes e o Estatuto do Desarmamento. Blefe!

Por

“O Estatuto do Desarmamento só vale hoje para as pessoas honestas, pois os bandidos estão armados até os dentes; o Estatuto do Desarmamento não produziu qualquer efeito positivo”, disse Marcos Montes (PSD-MG), na quarta-feira (28), em reportagem publicada no site da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA)

Ângela e os homicídios entre jovens. Zap!

Por

“Os índices de mortes por armas de fogo são em média duas vezes maiores entre pessoas de 15 e 29 anos”, afirmou Ângela Portela (PT-RR), senadora, no plenário, na segunda-feira (19)

| De olho | Análise dos vetos presidenciais testará efeitos da reforma ministerial

Por

A presidente Dilma Rousseff parece ter solucionado um dos seus principais obstáculos ao seu governo: a resistência às pautas do ajuste fiscal no Congresso Nacional.

Faça parte

Alerta! Perigo!

Estatuto do Desarmamento desrespeita população? Que medo!

Por

“O Estatuto do Desarmamento foi uma das maiores excrescências que esta Casa já criou. Um ato totalmente antidemocrático, não respeitando a população.” – Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), autor do Projeto de Lei 3.722/12, que revoga o Estatuto do Desarmamento, em entrevista à Rádio Câmara, na segunda-feira (17)
Exagerado, distorcido ou discutível

ECA e dosimetria de pena. Não é bem assim, Torgan!

Por

“Há muitas coisas boas [no Estatuto da Criança e do Adolescente], eu confesso, e a elas sou favorável. Mas, na dosimetria de pena, ele é um desastre.” – Moroni Torgan (DEM-CE), deputado federal, no plenário, na quarta-feira (19)
Exagerado, distorcido ou discutível

Redução da maioridade penal. Não é bem assim, Moreira!

Por

“A redução da maioridade penal vai ser um divisor de águas no Brasil. A repercussão dessa redução vai, em curto e em médio prazo, reduzir a criminalidade no Brasil, já que o menor se sente o dono da situação, se sente o todo poderoso, dono da vida e da morte das pessoas.” – Edson Moreira (PTN-MG), deputado federal, no plenário, na quarta-feira (19)
Exagerado, distorcido ou discutível

Criminalidade de crianças e adolescentes. Não é bem assim, Torgan!

Por

“Há 25 anos que o Estatuto [da Criança e do Adolescente] aí está, e só aumentou a criminalidade contra a criança e o adolescente e pela criança e pelo adolescente.” – Moroni Torgan (DEM-CE), deputado federal, no plenário, na quarta-feira (19)

São Gabriel e seus demônios

Por

Nossa repórter foi até o alto rio Negro, no noroeste do Amazonas, em busca de entender por que o município mais indígena do Brasil é também o que tem o maior índice de suicídios

Esperança perdida

Por

Na 3a reportagem da série "Cartas na Mesa" movimentos LGBT lamentam recuo de Marina Silva na defesa e proteção da igualdade de direitos

Ex-detenta que ganhou processo por parto com algemas fala pela primeira vez

Por

Carta enviada por mãe de ex-detenta deu origem a processo judicial

Dois meninos e uma sentença de morte

Por

Detidos pela PM no centro do Rio às vésperas da Copa do Mundo, dois garotos foram levados ao morro e baleados; um deles sobreviveu para contar a história

Amarildo, Presente!

Por

Nossa repórter foi até a Rocinha para conhecer a história do pedreiro que desapareceu após ser detido portando todos os seus documentos pelos policiais da UPP

Graciete carrega na carne a bala dos assassinos de seu pai

Por

A filha de Francisco Macedo levou um tiro quando a confundiram com o pai, que coordenava a ocupação de uma fazenda abandonada

Cleude, com medo, tenta pegar na mão de Deus

Por

A líder começou a lutar por terra aos 10 anos, numa marcha do MST; aos 22, ouviu de um pistoleiro que só conseguiria terra debaixo dela

Ameaçada desde 1996, Regina sonha viver em paz

Por

Em Eldorado dos Carajás, a migrante cearense que preside o sindicato rural vive escoltada por dois companheiros e não pode conviver com os netos para não expô-los ao risco

Maria do Carmo luta por sua comunidade e pela floresta

Por

Ameaçada de morte, há três anos Du Carmo trabalha para garantir a sobrevivência de sua comunidade em harmonia com a preservação da floresta amazônica

Marcadas para Morrer

Por

Nesta parceria com o Diário do Pará, o repórter Ismael Machado viajou pelo Pará para contar a história de onze mulheres ameaçadas de morte por defenderem a sua terra e a floresta

Bomba brasileira na pele turca

Por ,

Enquanto o Itamaraty diz não poder investigar abusos com gás lacrimogêneo brasileiro da empresa Condor no exterior, Apex fomenta exportação

A história se repete: omissão do Estado ameaça a vida de Laísa

Por

Jurada de morte, irmã de Maria – assassinada com o marido no Pará – luta por proteção do governo enquanto o acusado pelo crime recebe lote do INCRA no assentamento em que vive
Fique por dentro

Receba conteúdos exclusivos da Pública de graça no seu email.