Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

Livro reúne as 12 reportagens investigativas produzidas por repórteres independentes para a Pública

10 de dezembro de 2014

O projeto Reportagem Pública, que reúne 12 reportagens investigativas financiadas coletivamente, via crowdfunding, agora está disponível em formato e-book. O livro pode ser adquirido na loja da Amazon para leitura tanto em e-readers Kindle como no aplicativo Kindle, disponível para smartphones e tablets com os sistemas operacionais iOS e Android. As matérias foram produzidas por jornalistas independentes e escolhidas após votação dos 808 apoiadores do projeto.

Entre os temas tratados nas reportagens estão: a distribuição de obras da Copa e Olimpíada entre quatro grandes empreiteiras; a dificuldade de se realizar o aborto legal; as explosões de carros modelo Vectra da General Motors no Brasil; a briga de moradores da cidade de São Lourenço (MG) contra a extração de água pela Nestlé; as obras de transposição do rio São Francisco; os desaparecimentos não esclarecidos de pessoas no Rio; os assassinatos na periferia de São Paulo pela polícia em 2012; o presídio privatizado de Ribeirão das Neves (MG); e a indústria da água, entre outros.

Quatro das matérias foram premiadas. A reportagem “Dor em dobro”, sobre aborto legal, venceu o Prêmio SindhRio de Jornalismo e Saúde 2014 na categoria website. Já “Defeitos de fábrica: as explosões da GM no Brasil” e “Em guerra contra a Nestlé” ficaram em segundo lugar na categoria online do 31º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo 2014, do Movimento de Justiça e Direitos Humanos. “Quanto mais presos, maior o lucro”, de Paula Sachetta, ficou em terceiro lugar na mesma categoria.

O link para download é http://www.amazon.com.br/gp/product/B00QSDNRBC.

Seja aliada da Pública

Faça parte do nosso novo programa de apoio recorrente e promova jornalismo investigativo de qualidade. Doações a partir de R$ 10,00/mês.

Comentários de nossos aliados

 Ver comentários

Esta é a área de comentários dos nossos aliados, um espaço de debate para boas discussões sobre as reportagens da Pública. Veja nossa política de comentários.

Carregando…
Você precisa ser um aliado para comentar.
Fechar
Só aliados podem denunciar comentários.
Fechar

Explore também

Como a Justiça paulista sentenciou negros e brancos para tráfico

5 de dezembro de 2018 | por e

Levantamento inédito da Pública analisou as sentenças de primeiro grau de tráfico de drogas proferidas em 2017; mapa do estado revela a sobrerrepresentação da população negra nas mais de 300 comarcas do Tribunal de Justiça

Executivos tentaram influenciar EUA sobre nacionalização do gás na Bolívia

8 de julho de 2011 | por

Em conversas com diplomatas americanos em 2006, representantes da Shell e British Gas exageraram nas previsões e deixaram clara sua irritação com decreto de Evo Morales

Jogados aos leões

25 de maio de 2015 | por

Interesses e crenças pessoais estão por trás do apoio de deputados à redução da maioridade penal; estatísticas e fatos desmentem mito de impunidade e periculosidade de adolescentes, principais vítimas de homicídio no país.

Mais recentes

“Tenho acesso direto aos assessores de Mourão”, diz presidente do Clube Militar

25 de maio de 2019 | por

Às vésperas da manifestação pró-governo, general Eduardo Barbosa defende a ditadura militar, a economia liberal de Paulo Guedes e até Flávio Bolsonaro, investigado no caso Queiroz: “Causa estranheza ao se ver tanta relevância no caso”

Manifestações podem definir futuro de Bolsonaro no Congresso

24 de maio de 2019 | por

A Pública conversou com parlamentares sobre a crise entre governo e Congresso; ceticismo predomina, mas o resultado das ruas no dia 26 terá peso decisivo no futuro dessas relações

Dois anos do massacre de Pau D’Arco: mandantes ainda impunes e ameaça de despejo

24 de maio de 2019 | por

Em entrevista à Pública, a advogada Andréia Silvério, da CPT de Marabá, conta que os sobreviventes da chacina que vitimou dez trabalhadores ocupantes da fazenda Santa Lúcia em Pau D’Arco (PA) não receberam nenhum apoio do Estado, e que novos conflitos são iminentes

Login para aliados

Participe e seja aliado.

Fechar