Agência de Jornalismo Investigativo

Ciro Barros

Repórter da Agência Pública há seis anos. Ganhou os prêmios do Movimento Nacional de Direitos Humanos, da OAB, pela reportagem “O Inquérito do Black Bloc” e o prêmio da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República) em 2015 e 2016 pela reportagem “No Ceará, terra dos Tremembé é ameaçada por resort espanhol” e pela série “Amazônia em Disputa” – cobertura finalista dos prêmios Gabriel García Marquez e Petrobras de Jornalismo. Também pela Pública, participou da premiada série do ICIJ “Evicted and Abandoned: The World Bank’s Broken Promise To The Poor” com a reportagem “Obras do Banco Mundial deixam comunidades do sertão do Ceará sem água potável”. Em 2017, recebeu menção honrosa na categoria Arte no Prêmio Vladimir Herzog pela HQ “A Execução de Ricardo”. Teve passagens pela redação do Diário LANCE! e no LANCE!NET.


Mais recentes

Quem está destruindo as unidades de conservação do Cerrado

3 de agosto de 2022 | por e

Empresários ligados a políticos, agronegociantes e até órgãos governamentais estão na lista. Em 13 anos, foram mais de 3.800 multas que totalizam cerca de R$ 235 milhões

Rio Solimões visto do porto de Tabatinga

Expansão de roçados de coca no Peru aquece busca por mão de obra indígena no Alto Solimões

14 de julho de 2022 | por e

Na fronteira com o Brasil, “patrões” enviam barcos para recrutar indígenas brasileiros que vivem nas comunidades à beira do rio

Familiar de Maxciel segura quadro com sua foto. O servidor da Funai atuava no Vale do Javari e foi assassinado em 2019

Família de Maxciel fez investigação própria do caso mas nunca recebeu resposta da PF

22 de junho de 2022 | por e

Parentes criticam investigação do homicídio do ex-servidor da Funai e esperam elucidação do caso após a repercussão do assassinato de Bruno e Dom

“A gente precisa do Estado presente na região”, diz procurador jurídico da Univaja

22 de junho de 2022 | por e

Eliesio Marubo relembra as primeiros 24h do desaparecimento de Bruno Pereira e Dom Phillips e conta o que fará em Brasília a partir de hoje para cobrar os três poderes

“Vagões, disciplinas, travessias, salveiros”: como tráfico se estruturou na Cracolândia

21 de junho de 2022 | por

A investigação da Polícia Civil de São Paulo que mapeou a movimentação do fluxo; após quase um ano nas ruas, Operação Caronte prendeu mais de cem pessoas

Procurador Geral da República, Augusto Aras, em reunião com representantes da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari

Em primeira ida a Tabatinga, Aras é cobrado por denúncias feitas pela Univaja

19 de junho de 2022 | por e

Procurador-Geral da República ouviu críticas sobre a ‘atuação tímida’ do Estado contra o crime; Polícia diz ter encontrado a embarcação de Bruno Pereira e Dom Phillips

Servidores da Funai em frente ao prédio do órgão no Vale do Javari

“Nós estamos sozinhos no Vale do Javari”, dizem servidores da Funai

17 de junho de 2022 | por , , e

Funcionários expressam à Agência Pública raiva, frustração e impotência; presidente do órgão indigenista nunca esteve na região mesmo depois do assassinato de colaborador em 2019

Chegada dos corpos de Bruno e Dom no porto de Atalaia

Motivação das mortes de Bruno Pereira e Dom Phillips vai definir o caminho do processo

17 de junho de 2022 | por , , e

Uma transferência do caso para a Justiça Federal dependeria de a polícia apontar conexão do crime com a Terra Indígena Vale do Javari

Casa de apoio na margem do rio Ituí onde Bruno e Dom dormiram a ultima noite antes de desaparecerem na região do Vale do Javari

Dom Phillips and Bruno Pereira’s Last Journey

15 de junho de 2022 | por , , e

A suspect has admitted to killing the journalist and Indigenous expert while they were reporting in the Amazon. Agência Pública retraces the steps of their final trip

Casa de apoio na margem do rio Ituí onde Bruno e Dom dormiram a ultima noite antes de desaparecerem na região do Vale do Javari

Na última viagem de Bruno e Dom, nada de “aventura”

15 de junho de 2022 | por , , e

Há dez dias Bruno e Dom desapareceram no rio Itaquaí; hoje, a Polícia Federal diz que um dos suspeitos confirmou o assassinato e que "remanescentes humanos" serão periciados

Oseney dos Santos, acusado pela morte de Bruno e Dom no Vale do Javari.

Irmão de Pelado é preso por suspeita de “homicídio qualificado”, segundo delegado

14 de junho de 2022 | por , , e

Preso preventivamente, delegado diz que "testemunhas teriam colocado" Oseney e seu irmão, Amarildo, no local do crime

A primeira vítima da Funai no Javari sob o governo Bolsonaro

14 de junho de 2022 | por e

Assassinato de indigenista Maxciel Pereira dos Santos, em setembro de 2019, segue impune; viúva disse que não recebeu informações sobre investigação por parte da Polícia Federal