Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

José Cícero da Silva

Fotógrafo e videomaker.
Atuou como freelancer para veículos de comunicação que abordam violações de direitos humanos.
Contribuiu para Carta Capital, Rede Brasil Atual e Outras Palavras.
Além da Agência Pública, faz parte do DiCampana Foto Coletivo.


Mais recentes

Abordagem policial é a síndrome do pequeno poder; diz PM

5 de dezembro de 2016 | por

Em entrevista à Pública, policial diz que abordagem "é loteria" e que o “enquadro” na periferia de São Paulo é "totalmente" diferente do que na Vila Madalena

Enquadro

5 de dezembro de 2016 | por

Uma vídeo-reportagem sobre as abordagens violentas da Polícia Militar nas periferias de São Paulo

O silêncio do Divino Pai Eterno

19 de outubro de 2016

A terra das mortes sob encomenda

17 de outubro de 2016 | por e

De cada três assassinatos na zona rural paraense, dois são no sul e sudeste do estado; impunidade e morosidade no ordenamento fundiário perpetuam a pistolagem

A espera que sangra o Divino Pai Eterno

17 de outubro de 2016 | por e

Agricultores no sul do Pará exigem criação de assentamento em fazenda localizada em terra pública; conflito violento expõe a negligência do Estado na destinação de terras

A terra das mortes sob encomenda

17 de outubro de 2016 | por

De cada três assassinatos na zona rural paraense, dois são no sul e sudeste do estado; impunidade e morosidade no ordenamento fundiário perpetuam a pistolagem

Brutalidade no Metrô do Rio

7 de julho de 2016 | por

Nosso repórter fotográfico e videomaker José Cícero da Silva registrou cenas de agressão a manifestantes por parte de seguranças do Metrô do Rio. Confira o relato e assista ao vídeo

Meio complicado

31 de maio de 2016

Vídeo: Meio complicado

16 de maio de 2016 | por

O drama de pessoas deficientes que têm de enfrentar a difícil mobilidade nas favelas de São Paulo

396 mortes pela PM paulista: as histórias por trás dos BOs

10 de dezembro de 2015 | por , e

A Pública analisou todos os boletins de ocorrência das mortes cometidas por policiais militares em 2014: roubos motivaram 86% das operações letais; nesses casos, 17 PMs ficaram feridos e nenhum morreu