Agência de Jornalismo Investigativo
Especial

8M: Mulheres latinas enfrentam onda conservadora

O movimento feminista está hoje no centro da luta contra o conservadorismo e o avanço do fundamentalismo na América Latina. Grupos e coletivos de mulheres e LGBT têm se articulado para impedir retrocessos em direitos e propor avanços na legislação sobre direitos sobre o próprio corpo, direitos ao aborto legal, seguro e gratuito – pauta histórica do movimento – maternidade, trabalho, acesso à terra, à equidade de direitos.

Neste oito de março, dia internacional da mulher — o 8M, a Agência Pública ouviu vozes diversas nessas lutas, em países da América Latina: Argentina, Bolívia, Chile, Equador, México e Uruguai, além do Brasil.

Neste especial

Mais recentes

Mapa dos Conflitos

27 de abril de 2022

Ferramenta exclusiva lançada pela Agência Pública e CPT mapeia conflitos e dados socioambientais de todos os municípios da Amazônia Legal

Tabaco e saúde mental

18 de janeiro de 2022

Investigação revela como as famílias agricultoras do tabaco estão expostas a agrotóxicos que acarretam sofrimento mental, depressão e suicídio

Amazônia sem Lei

2 de dezembro de 2021

Este especial investiga quem está por trás da destruição da maior floresta tropical do mundo e traz reportagens sobre violência relacionada à regularização fundiária, demarcação de terras e reforma agrária na Amazônia Legal e no Cerrado