Buscar
Agência de jornalismo investigativo

Mais recentes

Gladson Cameli (Progressistas) é governador do Acre. Gladson é um homem pardo com cabelos e olhos escuros. Na imagem, Gladson veste terno preto e gravata azul, ele fala ao microfone.

Acre tem um terço de florestas na mira de grileiros e caminha para “rondonização”

Por

O desmatamento e a grilagem aumentaram no governo de Gladson Cameli, que vê no modelo do vizinho a solução para o estado
Antonio Denarium (PP) é um homem branco com cabelos e olhos escuros, ele veste camisa azul clara e está ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

Dobradinha Denarium/Bolsonaro em Roraima mantém garimpo em Terra Yanomami

Por

No estado em que metade das terras são indígenas é o garimpo que define as eleições, mas não sobrevive sem apoio federal
Ibaneis Rocha (MDB) é um homem branco calvo com olhos escuros. Ele veste terno azul com gravata lilás.

Ibaneis Rocha foi advogado de um dos maiores grileiros do país enquanto governava o DF

Por

Estatuto da OAB proíbe a advocacia para governadores em mandato; líder nas pesquisas, Ibaneis é candidato à reeleição
Área de floresta desmatada.

Desmatamento e violência cercam caso de grilagem ligado a ex-clientes de Ibaneis Rocha

Por

Uma liminar beneficiou, indiretamente, réus então representados pelo governador do Distrito Federal
Marcos Rocha (União Brasil) é um homem branco com cabelos e olhos escuros. Ele veste terno azul com gravata azul e usa óculos.

Governador de RO “passou boiada” com lei que fez desmatamento explodir em parque estadual

Por

Turbinada por deputados, lei reduziu unidades de conservação e estimulou invasões
Wilson Lima (União Brasil) é um homem pardo com cabelos e olhos escuros. Ele veste terno e gravata pretos. Wilson Lima fala ao microfone.

Amazonas vive descontrole na segurança pública — mas tema passa longe da eleição

Por

Ex-apresentador de programa policial, bolsonarista Wilson Lima tenta reeleição em meio a escalada de violência
Na imagem, a família aparece iluminada por uma vela.

Regiões com maior concentração de população negra têm menos acesso à energia elétrica

Por

Estudo do Instituto Pólis mapeou o acesso à energia em Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ) e Maceió (AL)

Faça parte

Indígenas Pataxó protestam na Praça dos Três Poderes com trajes típicos carregando faixa dizendo ''Justiça Gustavo Pataxó''

Dono de fazenda onde Pataxó foi morto pediu reintegração de posse no dia seguinte ao crime

Por ,

Jovem foi assassinado no começo do mês em ocupação feita pelos indígenas diante de demora na demarcação do território
Servidor do Ibama em operação.

Doadores na eleição passada devem R$660 milhões por crimes ambientais na Amazônia

Por

Estudo inédito revela que, nas eleições passadas, 422 candidatos receberam verbas de campanha de pessoas e sócios de empresas responsáveis por crimes ambientais na Amazônia
Marlene Quintanilla, pesquisadora da RAISG, é uma mulher branca com cabelos e olhos castanhos. Marlene veste blusa xadrez e chapéu.

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

Por

Marlene Quintanilla coordenou o estudo "Amazônia contra o relógio: Um diagnóstico regional sobre onde e como proteger 80% até 2025", lançado nesta segunda
Indígenas com roupas típicas no Acampamento Terra Livre deste ano.

Na COP27, indígenas demandarão apoio financeiro a fundos geridos por suas comunidades

Por

Fundos indígenas são cruciais para que povos originários tenham acesso direto a financiamento climático, dizem lideranças
Zequinha Marinho, senador do Pará pelo Partido Liberal é um homem branco calvo e com olhos escuros. Ele veste terno cinza e gravata azul.

‘Chama o Zequinha’: como um senador abriu as portas do governo a grileiros da Amazônia

Por

A Terra Indígena Ituna Itatá, no Pará, é o principal alvo de Zequinha Marinho, que busca remover a restrição de uso da terra, protegida pela Constituição
Hedy Carlos Soares é um homem branco com cabelos e olhos escuros. Ele veste terno preto e gravata cinza.

Juiz “pecuarista” de Rondônia tinha contrato de arrendamento de gado em fazenda de invasor

Por

Preso na semana passada, Hedy Carlos Soares já tinha sido investigado pelo CNJ por suspeita de favorecimento a fazendeiro multado por desmatamento ilegal
Na ilustração, dois homens aparecem armados em frente à uma cerca com placas de propriedade privada. Dentro, há uma plantação com drones sobrevoando e no meio, um poste de luz.

Com inércia do governo, empresas do dendê avançam sobre terras públicas da Amazônia

Por

Conflitos entre comunidades e empresas de óleo de palma se acirram em territórios indígenas e quilombolas no estado do Pará, maior produtor da commodity no país
Ex ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi

Em Mato Grosso, quem manda nas eleições é o agro

Por

Rei da soja, Blairo Maggi manobra governador Mauro Mendes, apoia Geller ao Senado e adere a Lula deixando MT sem alternativa política ao agronegócio
Acampamento guarani-kaiowá à beira de estrada (Dourados, Mato Grosso do Sul)

Governo Bolsonaro liberou fazendas em terras Guarani e Kaiowá no Mato Grosso do Sul

Por ,

Territórios são atingidos por normativa da Funai que piora cenário já grave de disputa por terra e conflitos
Líder Yanomami Davi Kopenawa

Davi Kopenawa: “Hoje, indígenas não estão sozinhos. Bolsonaro não pode acabar com a gente”

Por

Líder Yanomami diz que presidente "não tem direito de acabar com a vida" dos indígenas e que governo desrespeita a própria lei ao não expulsar garimpeiros de seu território
João Curina, servidor da Funai em Atalaia do Norte (AM). João é um homem indígena de meia idade, ele tem olhos e cabelos escuros e veste camiseta com gola azul.

A outra chacina do Vale do Javari – e seus ecos no assassinato de Bruno e Dom

Por

Quase perdido na memória nacional, um massacre de indígenas Korubo em 1989 traz à tona as relações familiares entre os autores dos dois crimes
Lançamento da campanha “Contra a Violência no Campo: Em Defesa dos Povos do Campo, das Águas e das Florestas”, articulada pela Cáritas Brasileira

“Vivemos na ponta da bala”: 2022 já superou as mortes no campo em comparação a 2020

Por

Dados preliminares da CPT foram divulgados em lançamento de campanha “Contra a Violência no Campo" que envolve mais de 50 organizações da sociedade civil
Imagem aérea de Recife alagada após chuvas fortes na região

Mães de baixa renda e chefes de família são mais afetadas por desastres ambientais

Por

Estudo do Instituto Pólis comparou dados sobre as populações mais expostas a inundações, enchentes e deslizamentos em Belém, Recife e São Paulo
Boi anda em campo no Cerrado baiano.

Agronegócio desmatou “51 mil campos de futebol” de vegetação nativa no cerrado baiano

Por

Conclusão está em relatório inédito que aponta que grandes fazendas cometeram crimes ambientais entre 2015 e 2021 com respaldo do órgão ambiental estadual da Bahia (Inema)
Na ilustração um lobo-guará está cercado por descartáveis plásticos.

Quem está destruindo as unidades de conservação do Cerrado

Por ,

Empresários ligados a políticos, agronegociantes e até órgãos governamentais estão na lista. Em 13 anos, foram mais de 3.800 multas que totalizam cerca de R$ 235 milhões
Fique por dentro

Receba conteúdos exclusivos da Pública de graça no seu email.