AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Depois de Belo Monte

Em três semanas de viagem, a reportagem da Pública encontrou indígenas vivendo em palafitas insalubres em Altamira e visitou os Arara na terra indígena mais desmatada recentemente no país

Leia mais aqui

À espera de Belo Sun

Indígenas Juruna veem o peixe rarear em seu território enquanto o maior projeto de ouro a céu aberto do Brasil se aproxima; documento dos Juruna exige o direito à consulta prévia, previsto em tratado internacional em vigor no país desde 2003

Leia mais aqui

Belo Monte está de pé, mas precisa de mais dinheiro para ficar pronta

A usina do rio Xingu, que desalojou mais de 40 mil pessoas e já consumiu quase R$ 40 bilhões, precisa de investimentos para ser concluída; desde 2016, BNDES não libera parcelas do empréstimo

Leia mais aqui

Sobre o projeto

O projeto “Amazônia Resiste” é uma ampla investigação jornalística da Agência Pública sobre a resistência indígena em vários pontos da maior floresta tropical do mundo.

Sete equipes de reportagem irão retratar até maio de 2018 a partir de vídeos, textos, fotografias, infográficos e podcasts o que acontece em campo no Pará, Mato Grosso e no centro das decisões, Brasília – das aldeias às instâncias de poder relacionadas à realidade indígena.

Os protagonistas desta narrativa são os índios, especialmente a resistência que exercem diante de um quadro completamente desfavorável ao seu modo de vida.

Equipe Amazônia Resiste

Coordenação Geral
Marina Amaral
Coordenação Audiovisual
Sofia Amaral
Consultoria Técnica
Geraldo Floriano
Consultoria em Antropologia
Spensy Pimentel
Direção de Arte e Finalização
André Oliveira
Gerente Administrativa
Roberta Carteiro
Editor de Conteúdo
Thiago Domenici
Produção de Conteúdo
Jessica Mota
Repórteres
Adriana Latorre, Ana Mendes, André Oliveira, Anna Beatriz Anjos, Ciro Barros, Iuri Barcelos, Jessica Mota, José Cícero da Silva, Naira Hofmeister, Sofia Amaral e Tânia Caliari
Imagens aéreas
Paulo Henrique Damasceno – Fly Media

Parceiro

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook