Agência de Jornalismo Investigativo

Verificamos a frase do indicado ao STF sobre a quantidade de procedimentos desse tipo que foram realizados

21 de fevereiro de 2017
Alexandre de Moraes, durante sabatina no Senado
Alexandre de Moraes, durante sabatina no Senado. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

“Em 2015, em São Paulo, foram realizadas aproximadamente 14 mil audiências de custódia, com 55% de manutenção de prisão e 45% de liberdade provisória.” – Alexandre de Moraes, ministro da Justiça licenciado, durante sabatina no Senado no dia 21 de fevereiro.

VerdadeiroO ministro da Justiça licenciado, Alexandre de Moraes, elogiou as audiências de custódia durante a sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado que analisa a sua indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF). Durante a sua gestão como secretário da Segurança Pública, ele deu apoio à iniciativa e ajudou na sua ampliação.

Em São Paulo, o projeto das audiências de custódia começou em fevereiro de 2015 com algumas delegacias e tem o objetivo de garantir a rápida apresentação do detido, nos casos de prisão em flagrante delito. O juiz pode decidir pela manutenção da prisão, convertendo-a em prisão preventiva, pelo relaxamento, ou por sua substituição por uma medida cautelar. O Truco – projeto de checagem da Agência Pública – verificou números relacionados ao projeto que foram citados por Moraes.

De acordo com os dados enviados pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, ocorreram 14.145 audiências de custódia em São Paulo em 2015, de fevereiro a dezembro. Logo, Ao falar sobre o tema, Moraes citou um dado correto. Por isso, classificamos a afirmação de Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal, como verdadeira.

Correção (21/02, às 17h46): Por uma falha na soma dos meses de 2015, uma versão anterior desta checagem havia considerado os dados usados por Alexandre de Moraes como exagerados. Os números usados pelo ministro estão corretos e o texto foi ajustado para ilustrar isso. A URL, como já havia sido divulgada por outros sites, foi mantida.

Truco

Este texto foi produzido pelo Truco, o projeto de fact-checking da Agência Pública. Entenda a nossa metodologia de checagem e conheça os selos de classificação adotados em https://apublica.org/truco. Sugestões, críticas e observações sobre esta checagem podem ser enviadas para o e-mail truco@apublica.org e por WhatsApp ou Telegram: (11) 96488-5119. Acompanhe também no Twitter e no Facebook.

Mais recentes

Levy Fidelix exagera impostos em medicamentos

18 de julho de 2018 | por , e

Pré-candidato pelo PRTB também superestimou a concentração de renda no país e acertou valor da dívida pública

Projeto de lei que tramita na Câmara não cria novos municípios

11 de julho de 2018 | por

Imagem que circula no Facebook denuncia tentativa de criação de 400 novas cidades mas projeto de lei apenas regulamenta os requisitos necessários para plebiscitos locais

Carro incendiado em São Paulo não foi resposta à recusa de dinheiro com carimbo “Lula Livre”

9 de julho de 2018 | por

Segundo a PM, motivação para atear fogo ao carro é diferente ao que tem se espalhado nas redes sociais

Explore também

São Paulo está doente

5 de setembro de 2012 | por

Segundo pesquisa, 77% de consultas de emergência no Hospital São Paulo foram por doenças respiratórias; número de veículos aumentou cinco vezes mais do que o de gente

Em 8 frases, acertos e erros de Geraldo Alckmin

29 de março de 2018 | por , e

Presidenciável usa dados corretos sobre dois tipos de crime, estatais, dívida pública e crise hídrica, mas exagera gastos em habitação e cita informações falsas sobre aposentadorias e expectativa de vida

No Ceará, terra dos Tremembé é ameaçada por resort espanhol

30 de janeiro de 2015 | por

Há quase quinze anos, indígenas lutam pela demarcação de sua terra em Itapipoca; cobiçada por empreendimento turístico, a área foi delimitada pela Funai há três anos, mas ainda não foi homologada pelo Ministério da Justiça