Buscar
Agência de jornalismo investigativo

Mais recentes

Antônio Galvan é um homem branco de meia idade com cabelos grisalhos. Ele veste camisa azul e calça jeans, na imagem Galvan aparece apoiado em um trator segurando a bandeira do Brasil.

Investigado por atos antidemocráticos, Galvan obteve vantagens do governo para produtores

Por

Alvo de inquérito do STF por apoiar e financiar atos extremistas pró-Bolsonaro através da Aprosoja, ruralista conseguiu autorização do MAPA para mudar calendário sanitário da soja
Ynaê Lopes dos Santos, é uma mulher negra com cabelos cacheados e olhos escuros.

Ynaê Lopes dos Santos: “7 de setembro é a data de fundação desse racismo brasileiro”

Por

Historiadora fala sobre o sequestro narrativo da independência: "o bolsonarismo e tudo que ele representa está tentando manter a ideia de que só uma história foi possível"

Um elogio à mentira

Por

O que está acontecendo nas celebrações do 7 de Setembro é também uma ininterrupta estratégia de manipulação de discurso público
Servidor do Ibama em operação.

Doadores na eleição passada devem R$660 milhões por crimes ambientais na Amazônia

Por

Estudo inédito revela que, nas eleições passadas, 422 candidatos receberam verbas de campanha de pessoas e sócios de empresas responsáveis por crimes ambientais na Amazônia

Bolsonaristas queriam se aproximar do STF no 7 de setembro, mas ouviram não

Por

STF terá 70% a mais de agentes de segurança e equipe do batalhão de choque da PM dentro do tribunal
Mayra Pinheiro é uma mulher branca com cabelos loiros e olhos castanhos. Mayra veste casaco azul claro e camisa estampada.

Bancada negacionista: médicos que defenderam tratamento ineficaz disputam eleição

Por

Candidatos abraçaram medicamentos ineficazes como cloroquina e ivermectina para covid-19; médicas que estiveram com Bolsonaro para propagandear tratamento agora são candidatas
Zequinha Marinho, senador do Pará pelo Partido Liberal é um homem branco calvo e com olhos escuros. Ele veste terno cinza e gravata azul.

‘Chama o Zequinha’: como um senador abriu as portas do governo a grileiros da Amazônia

Por

A Terra Indígena Ituna Itatá, no Pará, é o principal alvo de Zequinha Marinho, que busca remover a restrição de uso da terra, protegida pela Constituição

Faça parte

Como o Telegram bolsonarista espalhou desinformação sobre Dom Phillips e Bruno Pereira

Por

Ao longo de mais de um mês, canais espalharam fake news sobre as vítimas, repetiram falas do governo, criticaram STF e defenderam militares na Amazônia

Governo Federal nega acesso a peças de campanhas milionárias durante período eleitoral

Por

Ministério das Comunicações barra Lei de Acesso à Informação com justificativa das eleições; Secretaria de Comunicação é oitavo maior anunciante de política no Facebook no país
Acampamento guarani-kaiowá à beira de estrada (Dourados, Mato Grosso do Sul)

Governo Bolsonaro liberou fazendas em terras Guarani e Kaiowá no Mato Grosso do Sul

Por ,

Territórios são atingidos por normativa da Funai que piora cenário já grave de disputa por terra e conflitos
Líder Yanomami Davi Kopenawa é um homem indígena com cabelos e olhos escuros.

Davi Kopenawa: “Hoje, indígenas não estão sozinhos. Bolsonaro não pode acabar com a gente”

Por

Líder Yanomami diz que presidente "não tem direito de acabar com a vida" dos indígenas e que governo desrespeita a própria lei ao não expulsar garimpeiros de seu território
Lançamento da campanha “Contra a Violência no Campo: Em Defesa dos Povos do Campo, das Águas e das Florestas”, articulada pela Cáritas Brasileira

“Vivemos na ponta da bala”: 2022 já superou as mortes no campo em comparação a 2020

Por

Dados preliminares da CPT foram divulgados em lançamento de campanha “Contra a Violência no Campo" que envolve mais de 50 organizações da sociedade civil

Em ano eleitoral, governo Bolsonaro paga R$ 89 milhões em campanhas que elogiam a gestão

Por

Juntas, três campanhas são a ação publicitária mais cara paga pela Secretaria de Comunicação em todo o governo; motes são “Governo Honesto”, “Trabalhador” e “Fraterno”
Presidente Jair Bolsonaro e seus aliados políticos.

Em julho, Bolsonaro dedicou 40% da sua agenda para evangélicos

Por

Às vésperas do início da campanha oficial, presidente intensificou encontros com religiosos e participação em marchas para Jesus
Sede da Funai abandonada por falta de estrutura

Coordenador da Funai no Javari pede demissão; é a sexta troca em três anos

Por

Colegas do coordenador disseram que o pedido de dispensa do cargo tem relação direta com o clima de insegurança e as condições de trabalho na região
Marcelo Xavier, presidente da Funai é um homem branco com cabelos e olhos escuros.

Planilha revela loteamento político para quem é “a favor do governo” nas terras indígenas

Por

Documento é de 2019, e foi elaborado dois meses depois da posse do atual presidente da Funai, Marcelo Xavier; nas redes, autora da planilha comparou Bruno e Dom a “Débi & Lóide”

Como uma rede de políticos articulou ataques virtuais contra professores em SC

Por

Campanha de difamação em Santa Catarina ganhou repercussão com ajuda de políticos locais
Cariocas e turistas na praia de Copacabana, Rio de Janeiro

Senado pode autorizar a venda de milhões de km² de áreas na beira de rios, lagos e praias

Por

PEC dos terrenos da marinha foi desengavetada por Arthur Lira e está em linha com plano de Bolsonaro de criar Cancúns no Brasil
Rodrigo Lentz é um homem branco com cabelos e olhos escuros. Ele veste terno azul e gravata preta.

“É a volta dos que nunca foram”, diz pesquisador sobre militares no governo Bolsonaro

Por

Para Rodrigo Lentz, cientista político e doutor pela UnB, militares exerceram tutela permanente sobre a política brasileira até chegar ao poder em 2018
Imagem aérea do Território Indígena Porquinhos, no Maranhão.

Governo Bolsonaro certificou 239 mil hectares de fazendas dentro de áreas indígenas

Por , ,

Desde de 2020, mais de 400 fazendas foram certificadas dentro de territórios indígenas graças a normativa da Funai. Medida foi apoiada por Nabhan Garcia
Em discurso, à tribuna no Senado, senadora Simone Tebet.

Fazendeira e ruralista, Simone Tebet perde aliados no MS ao se afastar do bolsonarismo

Por

Proprietária em região de conflito com os Guarani-Kaiowá, senadora já defendeu indenizações em dinheiro para fazendas em áreas indígenas e suspensão de demarcações
Ana Penido é uma mulher branca com cabelos escuros cacheados e olhos castanhos.

Novo estudo expõe contradições do pensamento militar sobre a defesa da Amazônia

Por

Ana Penido, uma das autoras, questiona conceitos centrais da perspectiva militar sobre a Amazônia, como defesa das fronteiras, geopolítica e soberania

Fique por dentro

Receba conteúdos exclusivos da Pública de graça no seu email.