Agência de Jornalismo Investigativo

Nossa equipe está acompanhando as declarações feitas pelos candidatos a presidente; aqui você encontra tudo que já checamos sobre a eleição presidencial

27 de agosto de 2018

Álvaro Dias (Podemos)

“É fundamental um aumento do investimento nacional, que chegou ao seu ápice neste século em 2013, representando 21% do PIB, para em seguida apresentar quedas constantes, atingindo patamares inferiores a 16%.” – Verdadeiro

“O sistema de monitoramento da faixa de fronteira (…) não se conclui; aliás, 5% só é executado.” – Exagerado

 

Cabo Daciolo (Patriota)

“As carceragens de delegacias são 36.765 unidades e a taxa de ocupação é de 197,4%, o que reflete um quadro de hiperlotação nas unidades carcerárias do país.” – Falso

 

Ciro Gomes (PDT)

“A Polícia Federal de um país de 207 milhões de habitantes tem 11 mil agentes. São Paulo tem 130 mil pessoas na Polícia Militar.” – Exagerado

“Hoje, 17 estados brasileiros estão quebrados.” – Exagerado

“170 milhões de brasileiros só têm o SUS como porta de acesso [à saúde].” – Exagerado

“[No ensino médio, há] uma evasão de até 60%.” – Falso

“O Brasil tem a matriz energética mais limpa e mais barata do mundo, porque é de base hidráulica.” – Falso

“O Brasil é o país do continente americano que recebeu o maior fluxo de africanos escravizados entre os séculos 16 e 19.” – Verdadeiro

“O Ceará é o estado hoje que tem proporcionalmente a maior população de estudantes de ensino médio em tempo integral em escolas profissionalizantes.” – Verdadeiro

 

Fernando Haddad (PT)

“Como ministro da Educação, eu nunca tive um voto contrário do PSDB.” – Falso

“Quem paga mais imposto no Brasil, proporcionalmente, é o pobre.” – Verdadeiro

“Eu participei do governo Lula como ministro da Educação. Você veja que o Ministério da Educação quase quintuplicou as suas verbas no período.” – Exagerado

“Nunca tivemos essa regra [teto de gastos] e passamos 12 anos gerando superávit.” – Exagerado

“43%. Haddad sobe e vence Bolsonaro no 2º turno.” – Falso

“Há países tão desiguais como o nosso que não têm uma violência tão grande.” – Verdadeiro

 

Geraldo Alckmin (PSDB)

“O Brasil é hoje o maior consumidor de crack e de cocaína do mundo.” – Falso

“O Brasil [tem participação de] 1% do mercado exterior.” – Sem Contexto

“Hoje, dos 5.570 municípios, em 10%, mais de 500 municípios, o câncer é a principal causa de morte.” – Verdadeiro

“Nós tínhamos 5 milhões de alunos na rede estadual [de São Paulo], hoje nós temos 3,8 milhões. Porque temos menos crianças.” – Sem Contexto

“Hoje em praticamente todos os carros nacionais o motor é flex.” – Sem Contexto

“[São Paulo tem] menos homicídios que Chicago, que Washington, nos Estados Unidos.” – Discutível

“O Chile tem o dobro da oferta de crédito que o Brasil.” – Falso

 

Guilherme Boulos (PSOL)

“O agronegócio amplia o desmatamento da Amazônia em 27% – num único ano.” – Impossível Provar

“30% da população carcerária no Brasil é de presos provisórios.” – Subestimado

 

Henrique Meirelles (MDB)

“Há no país mais de 7.400 obras paralisadas financiadas pelo governo federal, em todos os segmentos de infraestrutura física e social, envolvendo R$ 76,7 bilhões.” – Exagerado

“Existem estados brasileiros que estão há mais de 10 anos sem contratar um policial.” – Falso

 

Jair Bolsonaro (PSL)

“Nos Estados Unidos, o número de mortes por 100 mil habitantes é na ordem de cinco vezes menos do que aqui.” – Verdadeiro

“Metade dos trabalhadores hoje estão na informalidade.” – Exagerado

“Ninguém tem qualquer comprovação que esse pessoal, esses 12 mil [médicos do programa Mais Médicos], aproximadamente, têm qualquer conhecimento de medicina” – Falso

“Nós não temos pesquisa no Brasil, é coisa rara.” – Falso

“O Ibama leva dez anos para conceder uma licença [para uma pequena central hidrelétrica].” – Falso

“O Brasil gasta anualmente um Plano Marshall (que reconstruiu a Europa após a Segunda Guerra Mundial) com o pagamento de juros.” – Verdadeiro

“Propostas do [plano de governo] PT, algumas apenas: desmilitarização das polícias, militares obviamente […] Outro item: revogação da Lei de Anistia.” – Falso

 

João Amoedo (Novo)

“Mais de 20% de brasileiros dependem do Bolsa Família.” – Verdadeiro

“O Brasil tem os políticos mais caros do mundo.” – Falso 

 

João Goulart Filho (PPL)

“Mais de 100 milhões de pessoas utilizam medidas alternativas, como fossas e esgoto a céu aberto, para despejar os dejetos.” – Verdadeiro

 

José Maria Eymael (DC)

“Hoje nós temos cerca de 10% das crianças e 10% dos jovens portadores de deficiência.” – Exagerado

 

Marina Silva (REDE)

“Cerca de 40% dos crimes contra as mulheres aconteceram dentro de casa.” – Verdadeiro

“Éramos a oitava economia [do mundo]. Hoje somos a nona.” – Falso

“A saúde drena a maior quantidade de recursos das prefeituras.” – Falso

“O número de mulheres (…) com diploma superior subiu muito.” – Sem Contexto

“O Brasil é o país com a maior área de insolação do planeta.” – Falso

“Cerca de 80% da população brasileira é submetida diariamente ao contato direto ou indireto com esgoto.” – Impossível Provar

“Hoje por exemplo nós temos 50% dos leitos ociosos [no SUS].” – Impossível Provar

 

Vera Lúcia (PSTU)

“Este país é também o que mais mata LGBTs no mundo. Uma vítima a cada 19 horas.” – Impossível Provar

 

Antes de Fernando Haddad ser anunciado como candidato do PT, no dia 11 de setembro, o Truco checou declarações do então candidato do partido, Luiz Inácio Lula da Silva.

Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

“Aumentaram os índices de criminalidade [durante a intervenção federal no Rio de Janeiro].” – Exagerado

“A gente aumentou o salário mínimo em 74%.” – Subestimado

“Em 2007, o Congresso Nacional, contra a minha vontade e decisão, extinguiu a CPMF e na prática impediu a sua aplicação integral na saúde como eu propus.” – Verdadeiro

“Na realidade, já está provado que os alunos do ProUni, por exemplo, têm desempenho melhor do que os seus colegas, justamente porque valorizam as oportunidades.” – Verdadeiro

“[Este governo] aumenta os impactos nocivos à saúde e ao meio ambiente autorizando o uso de agrotóxicos no Brasil, sem avaliação prévia dos órgãos de saúde.” – Sem Contexto

“Em 2015, mais de 13,7 milhões de famílias recebiam o Bolsa Família, mas o governo golpista de Temer e PSDB tem ameaçado o programa. Em 2017, mais de 326 mil domicílios deixaram de receber o benefício.” – Sem Contexto

 

Truco

Este texto foi produzido pelo Truco, o projeto de fact-checking da Agência Pública. Entenda a nossa metodologia de checagem e conheça os selos de classificação adotados em https://apublica.org/truco. Sugestões, críticas e observações sobre esta checagem podem ser enviadas para o e-mail truco@apublica.org e por WhatsApp ou Telegram: (11) 99816-3949. Acompanhe também no Twitter e no Facebook. Desde o dia 30 de julho de 2018, os selos “Distorcido” e “Contraditório” deixaram de ser usados no Truco. Além disso, adotamos um novo selo, “Subestimado”. Saiba mais sobre a mudança.

Mais recentes

Vídeo falso diz que eleições de 2014 foram fraudadas

27 de outubro de 2018 | por

Vídeo de suplente de deputada coloca em dúvida eleições de 2014 com dados irreais e um "especialista" não identificado

Em economia, Bolsonaro cita dados falsos e Haddad subestima e acerta

26 de outubro de 2018 | por , e

Em 4 frases checadas, presidenciável do PSL usou informações falsas; já Haddad citou número inferior ao real e fez uma afirmação correta

Alunos da rede pública de ensino do Distrito Federal realizam atividades: candidatos têm propostas distintas para a área

Haddad exagera e Bolsonaro erra em frases sobre educação

26 de outubro de 2018 | por e

Números foram superestimados por candidato do PT, enquanto presidenciável do PSL citou informações falsas

Explore também

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Metade da população não tem acesso a coleta de esgoto

4 de setembro de 2018 | por

João Goulart Filho acertou dado em plano de governo; 99 milhões de pessoas utilizavam medidas alternativas para despejar dejetos em 2016

Alerta! Perigo!

Jucá e licenciamento ambiental. Que medo!

27 de novembro de 2015 | por

“O projeto não tira direito de nenhum órgão de dar seu parecer ou sua manifestação. O que se propõe são prazos para que isso aconteça”, afirmou Romero Jucá (PMDB-RR), em entrevista à Agência Senado na quarta-feira (25)

Cunha e vetos. Não é bem assim!

2 de outubro de 2015 | por

“Não queremos obstruir a apreciação de qualquer tipo de veto. Eu defendi a manutenção dos vetos.” – Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, na quinta-feira (1º)